Porque depois da tempestade sempre vem o arco-íris

0 Flares Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

Hoje fui caminhar pelos arredores da minha casa, e na volta peguei a maior chuva da vida. Fiquei encharcada da cabeça aos pés. O mais engraçado foi que eu fui caminhar e voltei correndo num ritmo tão acelerado que nem me lembro quando foi a última vez que corri assim (com tanta vontade de acelerar os passos). Tive até que ouvir no ipod Rolling Stones para compassar meu ritmo.

Quando cheguei em casa e me olhei no espelho, cai em uma gargalhada… não conseguia parar de rir. Depois do banho,  fiquei com uma sensação gostosa, tipo que nem quando vamos para a praia e entramos no mar “para lavar a alma”, sabe? A chuva maluca e inesperada me causou essa sensação de limpeza da alma. E daí dos pensamentos recorrentes da experiência veio a ideia deste post.

9ab52e25efc65d5bfcdffffba105332b

Porque depois da tempestade sempre vem o arco-íris

 

O pessoal de criação (autores, designers, pintores, músicos) sempre fala que as boas ideias vêm desses momentos em que estamos relaxados e descontraídos. Não é à toa que o Google e Facebook apostam em escritórios com ar descontraído. E isso faz sentido!

Você não precisa ser uma pessoa do mundo criativo para investir seu tempo em momentos leves. Muitas vezes quando estamos com um problema (de qualquer tipo) pensamos muito e não encontramos uma solução. Aí depois, quando você finalmente relaxa, a solução aparece. Acho que se refletirmos bem sobre isso, vale a pena investirmos em mais momentos prazerosos, descontraídos, divertidos porque eles fazem nossa mente relaxar e se concentrar somente no momento presente. Depois da experiência sempre virão pensamento claros, serenos e não aquele turbilhão de prós e contras, uma metralhadora de “lixos”.

DCIM100GOPRO

Só é possível ver a luz em águas calmas

 

Em 2010, em Londres, eu fiz o Arte de Viver. O orientador do curso que fiz era o Rishi Nityapragya. Fazíamos yoga, respirações mil, exercícios, meditação e ao final de cada dia, quando todos já estavam “calminhos”, centrados e com a mente vazia, ele conversava com a gente. Me lembro que eu ficava impressionada como tudo o que ele falava entrava na minha mente de uma forma suave e parecia realmente tocar meu coração.

Entre as expressões que o Rishi usava, uma das que eu mais gostava era algo assim:

– Veio um pensamento que só vai trazer sofrimento, drop it (joga fora)! Não dê atenção, respire e jogue fora. Simples assim!  Mas, quanto maior o fogo, mais água você terá que jogar.

`As vezes estamos tão adaptados a padrões de pensamentos destrutivos que nem nos damos conta, mas quando você vira um observador da própria mente você se dá quanto da trabalheira que é jogar fora essas porcarias que guardamos por tanto tempo e que só nos fazem mal. Ser um observador da própria mente é um exercício que fazendo constantemente, vale sua recompensa.

Então mais uma vez, vale buscar se concentrar no “aqui e agora”. E se o “aqui e agora” for divertido, melhor ainda né?

0 Flares Facebook 0 Email -- Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

One thought on “Porque depois da tempestade sempre vem o arco-íris

  1. Pingback: Criatividade, apenas uma expressão | O Mundo é das Bem-Amadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>