A intuição no solstício com lua cheia

0 Flares Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

Terceiro dia de lua cheia. Dia de solstício. Em Lisboa, céu limpo e estrelas a brilhar. Eu estava sentindo uma energia intensa desde sábado. Tive o privilégio de fazer uma caminhada longa na serra de Sintra ao luar. Me senti energizada e inspirada e escrevi muito nesses dias. Descobri apenas hoje que o solstício em lua cheia não ocorria há 70 anos e, o próximo, será apenas em 2094. Então vale a pena aproveitar esta força celeste.

Como? Colocando um filtro em nossa mente, buscando transformar os pensamentos, se a negatividade vier, reze ou faça exercícios, ouça música, acenda vela… faça qualquer coisa que neutralize suas emoções e mente.

As mulheres são bem sensíveis e estão intimamente conectadas a lua. Hoje mesmo falei com uma amiga que ontem “surtou” com o namorado pedindo para ele sair do trabalho e voltar para casa. Ela se achou uma louca, mimada e carente por se comportar de forma histérica exigindo que voltasse para casa. Mas graças a este “surto”, ele não estava presente no escritório quando invadiram e assaltaram.

71092961b63dece52cc9379907c853b8

Hoje, ao conversarmos, expliquei que estes fenômenos celestes ampliam nossos sentidos e que ela deve buscar uma intimidade maior com seus sentimentos (ou pressentimentos), porque se não, a cabeça (o ego) condena a gente e a intuição não flui tão suavemente como poderia. Mas o que fazer se o coração está alertando algo desconhecido? Conforme vamos nos conhecendo, percebendo os impactos da natureza em nossas vidas, os níveis de energia que fluem pelo nosso corpo e nossa mente, nós vamos nos familiarizando e conseguindo separar o joio do trigo.

6f39d3bfd5a400985b9b4d945b58f0f5O coração dela estava certo. Quem sabe se aproximando de forma mais receptiva de seu próprio coração, sentimentos, desenvolvendo o autoconhecimento ela consiga lapidar esta poderosa intuição. Estudos diversos revelam que o coração recebe mensagens antes da mente. Quando limpamos este caminho os sentimentos são claros e fluidos…

Minha dica para quem também “está sofrendo e não sabe do que exatamente” é: reconheça e busque fazer coisas que te fazem bem. Saia do trabalho e vá caminhar na natureza, cozinhar alimentos frescos, fazer massagem, dançar, qualquer coisa que te traga mais próximo da sua alegria e estado centrado. Assim como as nuvens negras passam, essa enxurrada de vibrações passará também. A verdade é que não importa o que vai acontecer, não sabemos como e o que pode acontecer, mas podemos estar bem e no nosso centro para o que vier.

Em tempos de mudanças, vale a pena ser como um bambu: raízes profundas na terra, estrutura flexível e movimentos leves e suaves. Sacuda junto com o vento, mas esteja conectado com a sua força.

0 Flares Facebook 0 Email -- Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>