Dedicar-se

0 Flares Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

{Trilha Zen Sonora}

Desde que cheguei à Portugal (há um mês e meio atrás) meu objetivo era encontrar um trabalho simples e meio período que pagasse minha moradia e contas para eu seguir escrevendo para o meu site e outros canais que tratem do mesmo assunto (já estou contribuindo com a revista Zen Energy daqui :). Eu estava morando provisoriamente com um grande amigo meu, brasileiro também, na casa de férias de seus pais, até que o prédio pegou fogo, 18 dias atrás. Contarei mais detalhadamente esta experiência em outro post.

De repente minha lista de empresas para envio do meu CV, agenda com programações e etc deixaram de fazer sentido. Encontrar um quarto para mim na cidade de Lisboa virou  prioridade e emergência. Neste processo confuso, de troca de prioridades, aceitação da situação e mudanças de planos, me vi rendida as minhas rezas, yoga, meditação e muitas horas de sono. Em uma noite, após meditar por mais de uma hora, desanimada sem as respostas de trabalho ou dos anúncios dos quartos em Lisboa, tive a ideia de buscar por refúgio em um retiro espiritual, já que me identifico mais com o budismo do que com o catolicismo. Logo encontrei um templo na cidade de Sintra que aceitava trabalhos voluntários em troca de refeição e/ou acomodação. Me inscrevi me colocando à disposição para trabalhar no café, jardim, cozinha ou loja do templo.

570e75086bb76b2b3bdf40027031d4ff

Não sei se é mesmo de Buda, mas fez sentido para mim: ” Sua tarefa é descobrir o seu trabalho e, então, com todo coração, dedicar-se a ele”.

No dia seguinte, meu amigo entusiasmado com uma possível solução para mim, gentilmente me levou ao templo para eu conhecer mais de perto. Conversei com mais de cinco pessoas que vivem e trabalham lá, curiosamente, três delas, brasileiras. Todos me contaram como passam os dias ocupados, diariamente há reuniões para organizar os trabalhos e que o grande desafio deles é manter a mente serena diante de tantos afazeres. Um deles, Hércules, brasileiro de Balneário de Camboriú (SC), me deu dois insights importantes em nosso papo informal:

1) Não importa onde estejamos, trazemos nossas feras mentais junto. As projeções mentais fazemos em qualquer lugar e com qualquer pessoa, mesmo dentro de um templo budista.

2) Se você realiza práticas espirituais diárias, coloque sua intenção nelas (no meu caso, na yoga e meditação).

Senti como: Faça a prática como uma oração onde está doando uma energia sua e recebendo em troca uma nova que te trará exatamente o que precisa.

4df1aca90d929e2a746be730bd1ee50e

Saí de lá com a certeza interna e absoluta que o certo aparecerá para mim. No templo das montanhas ou na grande e pequena cidade carismática, a minha bagagem interna (e externa) será a mesma. No trabalho voluntário ou no remunerado, a mente será a mesma.

Esta reflexão me fez lembrar de uma história do livro “A Grande Magia” da Elizabeth Gilbert (o capítulo Divindade, para quem tem o livro). Ela conta como os sacerdotes balineses conseguiram, de forma sábia e amigável, encontrar uma solução para a apresentação de danças sagradas balinesas que não em templos mas sim, em resorts luxuosos para turistas e que agradasse também os ocidentais escrupulosos. Em certo momento ela escreve uma frase que representa o ponto de vista dos sacerdotes balineses:

“Afinal, a divindidade não está presente ali como em qualquer outro lugar na Terra?”

Hoje, aqui e agora, só me cabe focar em minha intenção e confiar nas forças mágicas que regem o Universo, sabendo que a divindidade está absolutamente presente em qualquer lugar que estejamos.

0 Flares Facebook 0 Email -- Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

2 thoughts on “Dedicar-se

  1. Eita, linda Helena!

    Texto inspirador e benefico!! adorei a trilha….
    Tao jovem e tao sintetizadora, espero que sejam encontros mesmo! Não apenas buscas, pois em sua síntese e divulgação, ja agregam….

    BJBJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>