Divino e Feminino

0 Flares Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

{Trilha Sonora}

Ontem foi um grande dia porque além de ter sido o último dia de inverno (no hemisfério norte), depois de 10 anos, me encorajei a voltar a andar de patins. Durante toda minha adolescência eu patinava. Eu estava fora de forma, mas assim como a bicicleta, uma vez que aprendemos, nunca mais nos esquecemos….

Voltar a me equilibrar nas quatro rodinhas escolhendo tanto a velocidade do meu deslizar quanto a intensidade do vento no meu rosto me trouxe de volta uma sensação que eu já tinha me esquecido que era possível experimentar. Foi uma mistura de liberdade com saúde, força e felicidade. Ao chegar em casa, percebi que não importa quantos anos eu tenha… andar de patins é uma experiência que me dá (muito) ânimo e me faz resgatar a menina alegre e energética que sou e que deixei adormecida em algum canto dentro de mim mesma.

72928b075a58265d5bda38a51b6fbf5b

Para mim, voltar a andar de patins foi tão surreal quanto ver um unicórnio!

À noite, durante minhas navegações pela internet, descobri o site Espiritualidade Feminina. Comecei a ler o texto “A Feminilidade Sagrada” e encontrei diversos trechos interessantes que separei aqui:

“As mulheres descobrem como se amar exatamente como são em essência, seu vínculo com a mãe terra, com o mundo espiritual e passam a se enxergar como verdadeiras deusas e sacerdotisas. Isso é claro, mas foi esquecido… pois o poder de gerar, de parir, de nutrir, o poder de amar incondicionalmente, o poder de intuir são poderes naturais das mulheres. Ser mulher é entender como você traz seu amor e feminilidade para todas essas fases da vida.”

2662107ef0ec3dba16d6baf06cc87384

“Viver um relacionamento com o espírito é uma jornada única e pessoal. Significa despertar para o sagrado em cada momento e em todas as formas da vida”. – Wild Feminine, Pinterest

“Ao descobrir internamente a verdadeira mulher e deusa, ela segue o caminho plenamente consciente de si. Ela tem desperto o poder interior, sua energia, sua essência, suas virtudes e o reconhecimento e aceitação de suas sombras. Quando uma mulher é sincera consigo mesma, se descobre por inteira, até mesmo suas sombras; e aprende a lidar com amor a elas, então essa mulher irradia luz, carisma, força que beneficia ela mesma e todos que estão ao seu redor.”

“A conexão também refere-se a respeitar os ciclos internos e externos, as estações (e meia estações), as lunações, a relação com astros e estrelas, a relação com os elementos (terra, água, fogo, ar, éter-espaço/tempo) e com os ‘arquétipos’, os princípios do feminino.”

9ecf9752c04f623a1ce6d11ca402188f

Ao ler e reler alguns trechos, fui incorporando alguns pontos que achei muito relevantes. A cada dia todos nós somos “novos”, se repetimos atitudes, hábitos e etc é por escolha nossa. Mas as mulheres ainda tem variáveis mais intensas que favorecem a alternações de emoções, sentimentos e intuições… Esses aspectos de nossas almas estão totalmente ligados à natureza (terra, estações, fases lunares…). Nosso ciclo menstrual está conectado tanto com as fases lunares quanto com as estações do ano. Em um mês vivemos essas “quatro fases” (escrevi sobre isso nesse texto).

A melhor forma de convivermos com essas mudanças cíclicas é nos permitirmos ao máximo mudar, transformar, nos moldar a nossa essência, sem resistir ou se apegar “a imagem de quem já fomos”. É simples encontrar momentos /experiências que nos conecte internamente… é o nosso feeling. Redescobri uma das minhas facetas patinando no último dia de inverno! Reconheço-me entre tantas outras também, como: pintando e desenhando, dançando (inclusive música árabe), cantando Madonna (e tantas outras), cozinhando, dirigindo em uma estrada, meditando, escrevendo, mergulhando no mar, abraçando pessoas que amo, fazendo rituais… É nesses momentos simples que nos conectamos com o nosso máximo poder. Quanto mais estivermos conectadas a ele, maior nossa satisfação e conexão com a vida.

0 Flares Facebook 0 Email -- Filament.io Made with Flare More Info'> 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>